Cb image default
Divulgação

A proposta foi apresentada pelo prefeito Marcílio Álvaro Benedito ao governador Reinaldo Azambuja nesta quinta-feira (24), durante o programa Governo Presente, que está em Naviraí para ouvir demandas de 17 prefeitos das regiões Cone-Sul e Sul-Fronteira.

Novo Horizonte do Sul-MS com a economia baseada na atividade agropecuária solicitou parceria do Governo do Estado para equipar um frigorífico de bois em construção na cidade e movimentar a economia local e a geração de emprego. E solicitou o recapeamento (micro revestimento) nas ruas do município.

“Os equipamentos desse frigorífico bovino vão custar o equivalente a R$ 1,3 milhão. Mais R$ 800 mil para as câmaras frias para armazenagem das carnes”, explicou o prefeito.

Para o recapeamento (micro revestimento), de acordo com os dois levantamento realizados são necessários 42.000 metros quadrados de recapeamento aproximadamente R$ 1,2 milhão.

Participaram do encontro com o prefeito o presidente da Câmara, vereador Ademir de Oliveira, acompanhado dos demais vereadores: Regiane Camargo, Lucinéia Almeida, Paulão, Chiquinho do PT, Carlitão. Além deles, gerentes da prefeitura de Novo Horizonte do Sul, Mauro Reginato (Obras), Cleide Froes (Assistência Social), Eduardo Abrão (Agricultura), Mauro Camargo (Educação), Aldenir Barbosa (Finanças), Margarida Mateus (Chefe de Gabinete).

Pelo Estado estiveram presentes os secretários Sérgio de Paula (Articulação), Eduardo Riedel (Governo), Maria Cecilia (Educação), Geraldo Resende (Saúde), Pedro Chaves (Estratégia); os adjuntos C. Barbosa (Segurança) e Luis Roberto (Infraestrutura).

Além deles o deputado estadual Onevan de Matos, representando a Assembleia Legislativa, e os diretores-presidentes das empresas públicas Sanesul, Walter Carneiro Júnior; da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez; e da MSGás, Rudel Trindade.

Cb image default
Divulgação
Cb image default
Divulgação
Cb image default
Divulgação
Cb image default
Divulgação